Wednesday, 2 June 2010

Mocambique na rota do narcotrafico?

Caros compatriotas,

Varios foruns tem estado a digerir a noticia veiculada pela BBC e pela Embaixada Americana em Maputo, segundo a qual Mocambique e um corredor de drogas. E mais que o cidadao Mohamed Bachir Sulemane e considerado com um dos traficantes mais notaveis na Africa Austral.

Infelizmente, muitos dos foruns tem estado a discutir se e verdade ou nao (quando nao temos meios para averiguar)! Nao seria mais produtivo reflectirmos sobre as implicacoes do facto?

Ou seja:

1- o que e que significa para Mocambique sermos citados num relatorio dos EUA como sendo um pais corredor de drogas? Concomitantemente o que e que significa um cidadao nacional ser considerado um dos maiores traficantes de droga na regiao?
2-Com base na experiencia de outros paises que ilacoes podemos tirar?
3-Que implicacoes este anuncio tem, dado o sujeito citado, ser um empresario afluente e com largas costas na 'nomenclatura' tendo chegado ao ponto, se a memoria nao me trai de ter 'comprado' o cachimbo do entao candidato a Presidente da Republica, Armando Emilio Guebuza, para em seguida oferece-lo a sua esposa hoje Primeira Dama da Republica?
4-Qual o papel das autoridades policiais e judiciarias num caso destes?
5-Deve o governo reagir ou nao? Se sim como? Quando? Quem o deve fazer em nome do Governo?
6-Devera a PGR reagir? Como? Quando? E a Sociedade Civil? A imprensa? os comerciantes e homens de negocios?
7-Alguem deve exigir provas aos americanos? Quem? Bachir? CTA? Imprensa? PGR? Governo?
8-E se nao for verdade? Quem paga pelos danos causados?
9-E se for verdade? Quem poe o guizo o gato?
10-Em particular, tera a imprensa um papel para alem de divulgar a noticia? Podera/devera a imprensa pedir provas aos americanos (Casa Branca, Embaixada, Departamento do Tesouro), ou deve investigar por si so?
11-Qual devera ser a atitude do Chefe do Estado? Distanciar-se? Calar-se? Deve continuar a incluir o suspeito nas suas 'tournes' pelo mundo ou deve acautelar-se evitando inclui-lo em tais tournes?
12-A ser verdade, nao deveria ser funcao dos orgaos de defesa e seguranca prevenir que um certo cidadao com possiveis conexoes ao mundo da droga faca parte do circulo de amizades e/ou relacoes do Chefe o Estado? ou se possa aproximar do Chefe do Estado ou candidato a Chefe de Estado, ao ponto de pomposamente comprar seu 'cachimbo' e oferece-lo de imediato a esposa do candidato, na altura candidata a Primeira Dama?

Independentemente dos quadrantes e posicoes politicas esta questao mexe com o Interesse Nacional de Mocambique. E quando estao em jogo os interesses nacionais de Mocambique acho que devemos despir as nossas colaracoes politicas, ideologicas e pensarmos como MOCAMBIQUE!

Como descalcar esta batata quente sem manchar ainda mais a imagem do pais?
Ou melhor como minimizar o impacto desta situacao embaracosa em que nos encontramos, como pais? E mais importante como esclarecer esta questao e varrer do solo patrio todos os traficants e seus correligionarios no poder, na oposicao, na imprensa, nos negocios e na sociedade em geral?

Um abraco patriotico,

MA

5 comments:

V. Dias said...

Perguntas pertinentes. É cedo demais para fazer qualquer tipo de comentário a este respeito. O estomago às vezes nos leva a pronunciar reacções que mais tarde somos obrigado a fazer um pedido de desculpas.

Zicomo

Reflectindo said...

Nos princípios do mês de Maio do corrente ano, AWEPA divulgou um documento com o títuto:2010 International Narcotics Control Strategy Report. Querendo, consulte aqui. O nosso país foi de forma clara apantado trânsito da drogas ilegais. Infelizmente não houve debate e provavelmente isso não preocupou às nossas autoridades.

Fijamo said...

Compatriotas,

Mandela tinha sido colocado na lista americana de terroristas pelo ex-presidente Ronald Reagan da década de 1980.

Em 2008 foi retirado! Estes e muitos casos tem sido atropelados pelos EUA;

O caso IraQue e as armas de destruicao macica foi mais um de tantos revés dos EUA!

Como diria o VD: " O estomago às vezes nos leva a pronunciar reacções que mais tarde somos obrigado a fazer um pedido de desculpas".

O visado (MBS) esta fazendo a parte que lhe cabe!

Este é um assunto extremamente delicado que envolve a todo o mocambicano! Tenhamos cautelas

Eduardo said...

De facto este assunto deve merecer todo cuidado no seu desenrolar de forma a não ferir e nem interferir em assuntos de Estado de forma leviana e inconsequente.
MBS justifica por actos os seus rendimentos, porém é sabido que este Sr circula facilmente nos meandros do Poder e da Politica o que o torna passivel de ser usado como facilitador por gente mal intencionada...O dinheiro corrompe e ele não será imune a este defeito sem querer com isto dizer que o terá feito.De qualquer forma apoiamo-lo como cidadão Moçambicano com direitos até prova contrario. E Mais não disse.Eduardo A. Matine

MANUEL DE ARAÚJO said...

Penso que ate aqui tudo bem. Os americanos usando os meios que tem acusaram, o Bachir, usando os meios que tem reagiu. O que acho estranho e o silencio da nossa PGR e do nosso governo! Trata-se de um concidadao nosso que e acusado por uma entidade estrangeira de um crime grave! A nossa PGR opta pelo silencio? A nossa PGR? Nao viu e nao ouviu nada? Nenhuma instituicao publica tem indicios, queixas ou suspeitas? De qum eam as 40 toneladas de Haxixe capturadas m Inhambane? Nao tinham dono? Ou estaremos perante aquilo que Mosse chamou de 'State Capture'? Estara ja o nosso estado tao capturado de tal forma que nao pode agir nem mugir?

Agora que o bachir desmentiu qual e o passo a seguir? Os americanos avancam? A PGR avanca? A PRM avanca? Ou ficamos todos a sombra da bananeira como ficamo todos quanto mataram Siba Siba Mauacua? Quando mataram o jovem das alfandegas? Ou ja sabiamos?
Um abraco, MA