Friday, 9 April 2010

IGEPE tem nova direcção

– Hipólito Hamela tem, desde ontem, a função de dirigir a instituição responsável pela gestão das empresas em que o Estado detém acções

Maputo (Canalmoz) – Foi empossado, ontem, como novo Presidente do Conselho de Administração do Instituto de Gestão das Participações do Estado (IGEPE), o economista Hipólito Hamela, que substituiu Daniel Tembe nesse cargo. A cerimónia foi dirigida pelo primeiro-ministro Aires Ali, e teve lugar em Maputo.
Após o tomada de posse, Hamela comprometeu-se a realizar da melhor maneira as “enormes” tarefas da instituição que passa a dirigir, através da continuação do trabalho que vinha sendo desenvolvido nas diferentes esferas de acção do IGEPE, designadamente o melhoramento da contribuição das empresas para as receitas do Estado.
Actualmente, o IGEPE gere 130 empresas com participação de fundos públicos, das quais apenas 10 geram dividendos para os cofres do Estado. Entre os motivos da baixa participação das empresas está o elevado índice de concorrência no mercado, aliado ao mau desempenho de gestão interna, refere o Executivo.
A este propósito, Daniel Tembe, antecessor de Hamela na presidência do IGEPE, referiu-se à necessidade de continuar a realizar a formação de gestores públicos, para alterar o actual cenário.
Na ocasião, o primeiro-ministro afirmou que “as empresas participadas pelo Estado têm grande contributo na geração de emprego, no fornecimento de bens públicos, no desenvolvimento de infra-estruturas e nas receitas de capital”.
Neste contexto, “o objectivo estratégico do IGEPE será o de reforçar a capacidade de intervenção na gestão do sector empresarial do Estado, com vista à valorização e à rentabilização da captação de receitas resultantes de dividendos nas sociedades participadas”, concluiu Aires Ali.

(Bruna Chabane)

No comments: