Monday, 30 December 2013

“Quem não tem cão, caça com gato” Os “gatos” que Araújo escolheu para caçar

“Quem não tem cão, caça com gato” Os “gatos” que Araújo escolheu para caçar

Quelimane (DZ)- Há um velho provérbio segundo o qual “quem não tem cão, caça com gato”. Alias, o Presidente do Conselho Municipal de Quelimane, Manuel de Araújo, usa sempre quando pode, esta velha máxima. E fazendo jus a este provérbio, Araújo formou o seu elenco na última sexta-feira com os “gatos” ao seu dispor, já que não tem melhores para levar a caça, então, deve-se contentar com estes. A formação do elenco de Manuel de Araújo para os próximos tempos, não traz surpresas nenhumas, ao olhar pelos nomes que compõem pelo menos as vereações, logo vê-se que não tinha alternativas para ir a este combate. Resta saber se de facto os “gatos” que escolheu para a caça, irão caçar mesmo ou apenas farão um papel de caçadores enquanto que, na realidade de caça não sairá nada. Um comunicado de Imprensa em nosso puder, vindo da edilidade, explica estas mexidas que o Presidente do Conselho Municipal de Quelimane fez, usando as competências que lhe são atribuídas como edil. Assim sendo, foram nomeados Renato da Silva para o cargo de Vereador de Planificação e Desenvolvimento Autárquico, cargo que anteriormente era ocupado por Ascensão do Rosário Chauchane, agora nomeado Vereador de Infra-estruturas e Habitação.
Para a Vereação da Mulher,
Educação, Saúde e Assuntos Sociais, foi nomeada Hortência António Agostinho, que outrora trabalhava no Gabinete de Assistência Social, dirigido pela esposa do presidente. Já para a Vereação do Saneamento, Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, Araújo nomeou Zaida Milato, que já foi vereadora, chefe do posto e que por não desempenhar estas funções conforme a dinâmica do presidente, foi exonerada e encostada no Gabinete de Assistência Social desempenhando as funções do Chefe do Gabinete. Hoje, esta
mesma Zaida, volta a uma vereação tão sensível e exigente como saneamento do meio, já que tudo o que tem a ver com resíduos sólidos (lixo), cabe a ela gerir.
José Horácio Lobo, chega então a Vereação mais cobiçada, a de Administração e Finanças. O sector decisivo na vida da autarquia. José Lobo é membro do MDM tido como do topo e sempre foi um dos “confiados” de Araújo, mas que se diga, que também já experimentou duas vereações e foi exonerado. E hoje, chega ao auge. Pode ser para ele, uma grande vitória de pois de tantos combates.
Para não fugir a regra, há um nome a reter nestas nomeações feitas pelo  edil de Quelimane. Chama-se José
Zeca Arijama, um cantor que durante o mandato anterior desempenhou funções de director de Cultura e fez algumas músicas da campanha eleitoral para este edil. Até pode ser uma espécie de prémio, por tudo aquilo que Arijama veio fazendo nos últimos dois anos.
Resta saber se como vereador de Cultura, Juventude e Desporto, a dinâmica será a mesma, visto que
já não vai apenas olhar as danças dos bairros, mas sim lidar-se com a juventude, uma faixa etária
exigente, mas também o desporto e aqui há vários desafios a ter em conta.
As restantes mexidas, são apenas para refrescar a casa, porque ao avaliar pelos nomeados, só o tempo dirá tudo. (DZ)

2 comments:

Rui Fonseca said...

Que a EQUIPE fale a 'lingua' do PRESIDENTE 'Mano Mane' e que trabalhem arduamente para o povo- CONSULTEM-NO!!!

Anonymous said...

Concordo e deve a Equipe auscultar o Povo, arranjando meios de comunicação organizada, como as clínicas que os políticos ingleses organizam uma vez por semana.