Tuesday, 3 January 2012

Mensagem de Inicio de Ano do Presidente do Municipio de Quelimane




Caros munícipes,
Esta é a primeira mensagem de inicio de ano, que com reiterado orgulho dirijo na minha qualidade de Presidente do Município da Cidade de Quelimane, ao qual jurei servir e a meus concidadãos, a quem devo tudo e a quem dou o pouco que tenho.

No inicio de ano de 2012, que coincide com um novo ciclo no processo de governação do Município de Quelimane, pretendo reafirmar solenemente o meu compromisso de plena dedicação com o futuro do nosso município. Reafirmo, que é com o futuro que me quero comprometer,  olho o futuro com esperança, pois acredito firmemente que não será mera continuação deste presente.

Com o reconhecimento de que em sociedade nada se faz sozinho, o futuro de Quelimane apela ao envolvimento firme de todas e todos.  O velho paradigma de governacao baseado na exclusão social, económica e politica caducou e passou para as paginas da historia. Um novo paradigma baseado na inclusão, na auscultacao, na transparencia, e na participacao de todos os munícipes entrou em vigor! Ao jeito de Rousseau queremos anunciar de viva voz o inicio da implementacao do Novo Contrato Social entre os munícipes de Quelimane e o novo Edil. Este Novo Contracto social , foi rubricado a 7 de Setembro de 2012, e começou a ser implementado no dia 30 de Dezembro de 2011.  Os próximos dois anos serão de muito trabalho, exigirão muita disponibilidade e competência, concentraccao e melhor gesta dos parcos recursos que possuímos, de forma paulatina e selectiva em torno de nosso objectivo comum: a melhoria da qualidade de vida dos munícipes de Quelimane, que bem merecem, e há muito adiada.

O Novo Municipio de Quelimane que no presente ano começamos a edificar, basea-se e tem os seus alicerces delineados no nosso Manifesto Eleitoral, Quelimane Rumo aos Bons Sinais, que será o resultado de uma construção colectiva, independente de  convicções político – partidárias, raciais, étnicas e sociais, pois será fundada na pluralidade de opiniões e na capacidade de construir consensos.

Não permitiremos que pregoeiros da discórdia e desunião fragilizem nosso objectivo comum: a melhoria da qualidade de vida dos munícipes de Quelimane, que bem merecem.

Com a lucidez da razão, da força da inspiração Divina e humana, almejamos transformar radicalmente o modus vivedi dos nossos concidadãos, para melhor. Desejo e com a colaboracao de todos, a pureza dos sentimentos mais altos da natureza humana nos ajude a fazer com que as decepções dos anos que passaram dêem lugar às vitórias aguardadas e que virão por certo. Nas ultimas eleicoes não houve nem vencidos, nem vencedores! Alias o único vencedor foi o Municipio de Quelimane e os munícipes nela residentres!

Caros munícipes, minhas irmãs e meus irmãos,
Minhas mães e meus pais,

A nossa sabedoria milenar ensina-nos que Depois da tempestade vem à bonança’, que seja entao esta a  tão almejada “Era da bonança para os Quelimanenses”.

Aos Quelimanenses, aos Zambezianos, aos Mocambicanos na diáspora queremos assegurar que o vosso lugar neste processo de recuperacao e construcao de Quelimane esta assegurado!

Que o ano de 2012 seja pleno na realizações, superando as amarguras e necessidades porventura ainda vigentes em nosso município.

 "Elabo edji djeewu, ontonga diiiyo!"

Atenciosamente,

Manuel de Araujo

9 comments:

Anonymous said...

Sábias palavras Sr. Presidente, pois, acredito que a melhor governação é aquele que é feita com o envolvimento de todos. So assim é que se pode ter a visão do real problema e que mudanças podem ser efectuadas em tao pouco tempo.

A cidade precisa de tudo mas acreito que o básico e visivel pode fazer-se.

Sucessos

Custodio said...

Muito sucesso a Quelimane, aos quelimanenses e ao Novo Edil...

Estamos juntos..

CD

Anonymous said...

Para o bem dos municipes e de Quelimane, arregacemos as mangas,juntemos as maos e... AO TRABALHO!

Anonymous said...

Parabens senhor Presidente e parabens os munincipes de Quelimane,todos devemos arregacar as mangas e ver a nossa cidade bem desenvolvidas, sou machuabo a viver em Nampula, disposto a ajudar financeiramente a nossa cidade, o pouco que recebo posso contribuir para o bom nome da 4a cidade de mocambique e o pequeno brasil de volta. sugeria uma ideia de se abrir uma conta onde akele com coracao aberto poderia por alguma coisa. espero a resposta

Anonymous said...

digo mais coracao aberto caso nao pode se etender mal, uma conta que podera ser gerido com transparencia. Nao se deve etender de outra maneira, é uma ideia pode se reprovar se assim alguem kiser.

ernesto said...

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do momento ideal.Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..E lembra-te:Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão;Fernando Pessoa

Agostinho Augusto said...

Os 2 anos de mandato acrediito eu que serao criadas alicerces para que Quelimane tenha orgulho e um exemplo de boa governacao.Forca PHD MA

Anonymous said...

Felicito o Manuel de Araujo e asseguro-lhe que 50% dos Mocambicanos que gozam de suas plenas faculdades mentais ficou satisfeito com a sua vitoria nas eleicoes autarquicas de Dezembro passado.

Sugiro-lhe que execute bem feito pelo menos duas das promessas que fez ao eleitorado durante a campanah eleitoral porque isso sera suficiente para lhe darem o vote de confianca para mais um mandato.

Comentando sobre a conta aabrir para apoiar os projectos d o municipio concordo e digo ser uma ideia,mesmo que cada interessado e solidario depositasse apenas 5 mts,

Que se crie mecanismos de suguracao e auditoria par se por em pratica o prejecto se for aceite pelo MDM, pelo Manuel de Araujo e desejado pelo povo logicamente

Forca jovem
Alex

OSSUMANE said...

Caro Sr Presidente Manuel de Araujo: Mocambique agora esta num processo de democracia, onde o voto de cada cidadao conta para fazer a diferenca. o Sr apresenta um manifesto k promete solucionar os problemas dos machuabos. Com ixo, gostaria de lhe recordar k o processo ainda esta em curso. Se nao revelar competencia na actuacao dos factos em concreto o povo chuabo vai dar a oportunidade a quem se predispoe a concretizar. clama.